Vlad View | Março 2017

IBOV frustra correção no semanal e renova a máxima do ano

Ibovespa

Segundo mês do ano terminou em alta de 3,08%, com o Ibovespa se aproximando dos 70 mil pontos. Segue como quem não quer nada em busca do topo histórico, que é seu alvo primário.

No gráfico diário, sustentamos ainda uma tendência de alta dada pela inclinação da mma20 e pela LTA. A zona dos 66300 pontos, caso seja respeitada com um candle de força, pode sinalizar a retomada da tendência que está em fase corretiva no momento. No entanto, observando com um pouco mais de atenção, temos o indicador IFR14 antecedendo o possível rompimento da LTA dos preços, pois o IFR14 já o fez, consolidando assim o conhecido padrão Advanced Breakdown.

IBOV D

Já no semanal, o sinal falho da primeira semana do mês coloca ainda mais peso no candle da última semana de Fevereiro. Temos um novo candle vendedor, ainda não acionado, e que traz consigo uma nova divergência de baixa que é estartada abaixo de 66450. 63000 seria o alvo.

IBOV S

Já para um prazo maior, apesar da expectativa de correção para um prazo mais curto, o cenário segue positivo, cujo alvo sendo o topo histórico por volta dos 73000 pontos.

ibov m

Dólar

O dólar teve o terceiro mês consecutivo de queda, -1,10%, e se aproximou da LTA primária. O sinal, não é algo forte que mereça risco, mas merece nossa atenção. Sua tendência segue sendo de baixa, no aguardo de um sinal mais conciso para apostar num repique consistente. Lembrando que a expectativa para um prazo maior ainda é a perda da LTA por parte dos preços, vide rompimento da LTA equivalente no IFR14. Abaixo, gráfico mensal.

DOL M

DI FUTURO

Queda na SELIC concretizada esse mês. Cenário, segue baixista para as taxas de juros, sem nenhum tipo de recuperação de curto prazo.

DI S

MILHO FUTURO

Apesar do candle de dúvida do mês passado, cenário de prazo maior segue inalterado. Tecnicamente a expectativa é de busca da LTA de longo prazo.

CCM M

IFNC

O setor bancário continuou a subir em Fevereiro, destaque para ITSA4 e SANB11. No gráfico mensal, tivemos o rompimento da linha de referência do canal de alta primário. Podemos agora duplicar esse canal para estimarmos assim a nova rota do setor, que segue sendo altista.

IFNC

IEEX

O setor elétrico rompeu topo histórico no mensal e tem espaço aberto para a busca da linha de referência do canal de alta de longo prazo. As ações da CMIG3, com alta de 40% foram o destaque.

IEEX

IMOB

Setor imobiliário, confirmou o sinal do mês anterior e fechou em alta de 3,74%. No entanto, com as “princesas de janeiro” PDGR3 e RSID3 tornando-se as bruxas do setor com fortes quedas.

IMOB

ICON

Já o índice do setor de consumo teve um mês apático, com o cenário do mês anterior inalterado.

ICON

Ativos para Acompanhar

Esse mês não temos tantos ativos atrativos que mereçam nosso risco.

MEAL3 – Rompe no semanal os 6,40 e abre espaço para buscar 9,70

meal3

ODPV3 – Testa topos anteriores e mm20 há meses. Já acionou entrada em 12,00. 14,00 é o alvo

ODPV

OZ1D – Já tínhamos alertado mês passado sobre o cenário do Ouro. Confirmou e segue atraente.

OZ1D

VLID3 – Há dois meses estamos de olho nela. Acionou entrada com simetria aberta até 40,00

VLID3

Conclusão

Não temos muitos papéis atraentes para posições de prazo maior no atual momento. O que acionou entrada nos últimos meses, deve agora ser acompanhado, mas não tão de perto. Deixe o mercado fluir…

O IBOV, num prazo mais curto, sugere correção. Conforme vimos. Logo, não há porque forçar a barra.

Pisar no freio e saber aguardar o momento certo é o que diferencia aqueles que estão tratando a atividade de trader com seriedade daqueles que a transformam em jogatina.

Esse mês nossa agenda de Webinars está bastante recheada. Não deixe de acompanhar todas as terças-feiras às 19:30 na nossa Sala de Operações. Segue o calendário:

  • 07/03 | Como Operar na Venda
  • 14/03 | Ondas de Elliott como usar
  • 21/03 | Fibonacci – Retrações e Extensões
  • 28/03 | Figuras complexas

Desejo-te um ótimo mês de Março!

Forte abraço e bons negócios.

Fábio Figueiredo | Vlad

 

5 Comentarios

  • paulopras Posted 6 de março de 2017 22:56

    Vlad, a filosofia das compras baseadas no Vlad view seguem aquela técnica de entrar com um valor que eu aceite perder completamente caso dê algo errado, ou seja, sem stop?

    • Vlad – Fabio Figueiredo Posted 7 de março de 2017 09:10

      Aqueles trades que oferecem possibilidade de retorno superior a 100% é possível escolher essa metodologia.

      No entanto, a forma de se controlar risco está associada ao perfil e objetivos de cada um.

      Abs

      • paulopras Posted 7 de março de 2017 22:04

        Gostaria de saber um bom modelo para analisar o stop, por exemplo, em MEAL3 constante do Vlad View de março. Nesse caso seria melhor definir o capital ótimo de risco ou trabalhar com stop por médias móveis ou ainda buscar um suporte para definir o stop? Sei que não tem certo, nem errado, mas como você conduziria o stop de MEAL3?

  • douglas Posted 7 de março de 2017 10:48

    Bom dia vlad. Ja que o alvo do ibov e de 73000 aconselha ficar posicionado?

    • Vlad – Fabio Figueiredo Posted 7 de março de 2017 16:34

      Depende de qual a correlação da sua carteira com o IBOV.

      Abs

Comentários

Seu email não sera públicado. parametros obrigatorios *

© 2016 Messem No Alvo | Todos os direitos reservados